Artigos

Você está em: Artigos

>>

Herdar a Terra

Herdar a Terra

– Crime horroroso cometeu aquele sujeito! Embriagado, avançou o sinal, atropelou e matou três inocentes! Devia existir pena de morte para essa gente!
– Seria pouco! Se eu estivesse ali participaria com satisfação de um linchamento. O miserável merecia morrer junto com suas vítimas!
– Mundo violento este em que vivemos! Você leu sobre a mulher que agrediu o amante que pretendia deixá-la? Aproveitou o momento em que dormia para dar-lhe uma violenta martelada na cabeça! O infeliz não morreu mas terá seqüelas que complicarão sua vida.
– É um horror estarmos sujeitos às loucuras de gente dessa laia, que por um nada pensa em matar. Deviam cortar-lhe a mão para aprender a respeitar as pessoas.
– Seria um castigo exemplar!… E há os desonestos que nos enganam para tirar proveito…
– Estou bem atento a esses salafrários. Comigo não tiram vantagem. Noutro dia falei poucas e boas a uma mulher sacudida que pedia esmola à minha porta, a pretexto de comprar leite para seu filho.
– Não sei onde vamos parar! O problema está em nossos próprios lares. Minha filha apaixonou-se por um mau caráter que se atreveu a beliscá-la, movido por ciúmes. Dei-lhe umas boas bordoadas para aprender a respeitar as pessoas.
– Não raro tenho ganas de fazer o mesmo com alguns subordinados, em minha atividade profissional. São incompetentes e relapsos! Contenho-me, mas não deixo de dar uns bons berros para que cumpram seus deveres.
– É o que faz minha mulher na escola. Diz ela que os alunos são tão impertinentes que ao final da aula está afônica de tanto gritar. Impõe disciplina com braço de ferro.
– Creio que a Terra só vai melhorar quando houver a separação do joio e do trigo de que fala Jesus e essa gente for banida de nosso planeta. Então viveremos melhor, como ensina a Doutrina Espírita.
– Deus o ouça. Espero que aconteça logo. Detesto gente agressiva! Não gostaria de reencarnar num mundo tão violento como o nosso!

***

Interessante diálogo, bem ilustrativo das tendências do homem comum, não é mesmo, amigo leitor?
E quanto a Jesus, o que diria?

Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a Terra.

Sermão da Montanha, Mateus, 5:5

2010 - Richard Simonetti